Ainda estou aqui!

Infelizmente, como é natural de todo o mundo, estou metida em um monte de coisas para fazer. Objetivos profissionais e pessoais acabaram ganhando espaço no meu dia-a-dia, me impedindo de pensar naquilo que ano passado era constante em minha vida e tomava conta totalmente de meus pensamentos.

Mas, não deixei de escrever porque as coisas melhoraram. As notícias sobre maus-tratos animais (que foi o que me impulsionou a criar este blog e a idéia de uma ong) não aparecem mais, pelo mesmo motivo que a explosão de uma bomba que mata 100 pessoas no Iraque também não é mais: as pessoas se acostumam com esse tipo de fatalidade. Mas, mesmo "acostumada" em ver cavalos magros, doentes, machucados e carregando muito peso (tanto que nem cosnigo imaginar a força que  pobre animal está sendo forçado a fazer) me indigno cada vez que sou obrigada a presenciar uma cena dessas. Virar o rosto e fechar os olhos quando passa alguém batendo em um cavalo magro para ele correr mais em meio a um monte de ônibus, carros e tumultos de nada adianta.

Parece que esses animais olham para a gente pedindo socorro...Parece que eles estão chorando... E eu não consigo não sentir isso... Não sentir dor por eles...

Infelizmente me falta tempo para fazer alguma coisa. Se eu tivesse dinheiro com certeza faria alguma coisa, e se eu tivesse tempo arrecadaria o tal.

Mas a vontade de um mundo melhor para esses animais não me falta e nunca me faltará. Um dia, tomara que não muito distante eles receberão minha ajuda. Com isso eles podem contar!!!!

[ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sul, PORTO ALEGRE, Mulher, de 20 a 25 anos, Portuguese, English, Animais, Informática e Internet
Visitante número: