GATO DETETIVE
Um ex-gato de rua ajudou a polícia de Nova York a prender um falsário que se passava por veterinário. Steven Vassall, 28 anos, foi preso na semana passada e indiciado por atender animais sem licença.

A polícia conseguiu prender o falsário após um investigador propor à dona do gato Fred, Carol Moran, uma promotora pública, que o animal fosse levado para uma consulta com o falso veterinário em um apartamento com uma câmera escondida.

As autoridades usaram como prova o vídeo da conversa em que Steven Vassal diz que o animal poderia ser castrado por US$ 135. Assim que o falso veterinário deixou o apartamento carregando Fred em uma caixa e o dinheiro para a operação, policiais realizaram a prisão.

Os investigadores recuperaram uma lista de vacinações e cirurgias supostamente realizadas pelo homem. Não se sabe há quanto tempo o falsário atuava.

Vassal é um estudante universitário que trabalhou apenas uma vez como assistente em um laboratório veterinário. Ele alegou que nunca havia recebido críticas até ter atendido Fred.

Joyce Clemmons, da ONG Controle e Cuidado Animal, dos Estados Unidos, profetizou sobre a participação do gato de 8 meses: "Fred será o detetive do mundo animal".

Steven Vassall está em liberdade sob fiança de US$ 2,5 mil.

Viram só?

SOLIDARIEDADE
A norte-americana Marian Morris ressuscitou a galinha de estimação de seu irmão, chamada Boo Boo, com respiração boca-a-boca ou, melhor dizendo, "boca-a-bico". O animal foi encontrado boiando com o peito para baixo em um lago da família e salvo por Marian na cidade de Arkadelphia, no estado de Arkansas.

"Eu soprei para dentro do bico dela e seu olhos saltaram, então eu soprei de novo e os olhos saltaram de novo", contou Morris, uma enfermeira aposentada. A norte-americana contou que há anos não praticava respiração boca-a-boca.

Boo Boo recebeu este nome porque se assusta facilmente, provável motivo pelo qual se jogou no lago.

Infelizmente são raras as pessoas que se prestariam a salvar algum bichinho que visse em apuros. Felizmente ainda existem no mundo pessoas capazes de compreender que um animal tem vida, sentimento e personalidade. Hã? personalidade? Óbvio!! Meus animais de estimação sempre tiveram, cada um tem seu jeitinho de pedir carinho, comida, de tentar se comunicar com o dono ou a pessoa que lhes pertence (no caso dos felinos, não são eles nossos animaizinhos e sim, nós somos as pessoas que eles escolheram para cuidar deles...).

Cavalos também devem ter sua personalidade, sua vida...E também devem sofrer muito a cada dia de maus-tratos...

[ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sul, PORTO ALEGRE, Mulher, de 20 a 25 anos, Portuguese, English, Animais, Informática e Internet
Visitante número: